segunda, 16 de maio de 2022 - 13:29h
Maio Laranja
Combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes
Por: Wellyson Paiva

Maio é mês de mobilização contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes em Calçoene

Para despertar as famílias para a necessidade de protegerem crianças e adolescentes de toda forma de violência sexual e divulgar os canais de denúncia e de apoio às vítimas, a Prefeitura de Calçoene, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social

O objetivo é chamar a atenção de toda população para a importância do envolvimento de todos na prevenção das violências sexuais contra crianças e adolescentes. Nos Creas e nos serviços da rede socioassistencial de Calçoene a campanha é permanente. No entanto, as ações são intensificadas em maio em função do Dia Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, realizado no dia 18, data da morte de Aracely - Lei Federal nº 9.970/2000.

A campanha envolve equipes das secretarias de Trabalho e Ação Social e Saúde.

Conhecer para combater

A campanha foi elaborada de forma a esclarecer o que são os crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, como identificar e quais os canais para fazer denúncia e para obter apoio na proteção das vítimas.

Saiba mais

O que é abuso sexual?

É a violação da criança ou o adolescente visando à satisfação sexual, utilizando-se da autoridade ou do vínculo de confiança para envolver as vítimas em atos obscenos com contato físico, como tocar ou acariciar os órgãos genitais ou ter relação sexual, ou sem contato físico, como fotografar ou filmar crianças e adolescentes nus, em posturas eróticas ou  mostrar imagens pornográficas impressas ou de internet de órgãos genitais ou de relações sexuais.

O que é exploração sexual?

É a utilização sexual de crianças e adolescentes para obter dinheiro ou vantagem.

Quem é o abusador?

É uma pessoa aparentemente normal, que nem sempre age de forma agressiva. Geralmente, é uma pessoa que as crianças e os adolescentes conhecem, como pai, padrasto, tio, mãe, madrasta, tia, vizinho, amigos da família.

Como prevenir?

É importante ficar atento, pois a maioria dos casos de abuso sexual não deixa vestígios físicos evidentes. Encoraje seu filho a contar sobre qualquer pessoa que o deixe infeliz, confuso ou com medo. Saiba sempre onde ele está, com quem está e o que está fazendo. Ensine-o a não aceitar convites, dinheiro, comida e favores de estranhos, especialmente em troca de carinho. Supervisione o uso da internet e redes sociais. Oriente seu filho a não enviar fotos ou fornecer dados (nome, idade, telefone, endereço, senha) a outras pessoas.

Em caso de suspeita, o que fazer?

Incentive a criança ou o adolescente a falar sobre o ocorrido. Faça com que a conversa não sofra interrupções nem seja constrangedora. Denuncie e procure apoio da rede socioassistencial.

Onde procurar ajuda?

Calçoene conta com serviços especializados no atendimento a vítimas de violência sexual. Nas unidades de saúde, nas escolas ou nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas), há profissionais preparados para ajudar a família no enfrentamento do problema.

  • Centro de Referência Especializado da Assistência Social

Onde denunciar?

  • Disque 100 -  24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados. As ligações são gratuitas e podem ser feitas de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido, quando solicitado.
  • Conselhos Tutelares (telefones de plantão, 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados)

          Endereço Rua Lucio Tavares 207 Bairro da Cea
          Telefone (96) 991549332
          Email conselhotutelar320@gmail.com

  • Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA)
NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

Prefeitura de Calçoene
Teodoro Antônio Leal nº.264 - Centro CEP. 68.960.000 - -
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2022 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá